Multissensorial

Junte-se à uma nova comunidade de pessoas apaixonadas pela criatividade musical.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Aprendizagem por meio de estímulos sensoriais simultâneos e experiências que deem significado ao conteúdo repassado.

Segundo Jean Piaget, as crianças precisam explorar, experimentar e receber retorno de suas ações e reações sobre os objetos, usando os seus sentidos para aprender por meio de experiências práticas. É justamente na primeira infância onde a criação fará essas ligações neurológicas onde grande parte desse estímulo se dá por sentidos: visão, tato, audição, olfato e paladar. Como diz Eder Pires de Camargo, doutor em educação, da Unesp, o aluno vai aprender melhor e as informações vão fazer mais sentido [para ele] na medida em que seja possível disponibilizar situações que sejam multissensoriais. Ver, tatear, ouvir, sentir cheirar, o máximo possível.

Natural de São Paulo, Gabriela Carolina Assunção Souza é mestranda em Educação Musical e graduada em Música – Licenciatura Plena. Sua pesquisa no campo musical tem o objetivo de desestigmatizar o ensino de música para pessoas com deficiências, principalmente intelectuais. Gabriela é violoncelista, técnica em comunicação visual e integra o Madrigal Sempre En Canto. Leciona musicalização no Programa Raízes e Asas (direcionado à pessoas com deficiências intelectuais) do Núcleo Humaniatas, além de integrar o grupo de pesquisa em Educação Musical G-PEM. “Que a música seja, efetivamente, para todes!”

Nenhum comentário ainda on Multissensorial

Deixe um comentário