Musicalizar

Junte-se à uma nova comunidade de pessoas apaixonadas pela criatividade musical.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Processo de iniciação musical; despertar para a música.

De acordo com Koellreutter, musicalizar desenvolve a personalidade do jovem como um todo; de despertar e desenvolver faculdades indispensáveis ao profissional de qualquer área de atividade, como, por exemplo, as faculdades de percepção, as faculdades de comunicação, as faculdades de concentração (autodisciplina), de trabalho em equipe, ou seja, a subordinação dos interesses pessoais aos do grupo, as faculdades de discernimento, análise e síntese, desembaraço e autoconfiança, a redução do medo e da inibição causados por preconceitos, o desenvolvimento da criatividade, do senso crítico, do senso de responsabilidade, da sensibilidade de valores qualitativos e da memória, principalmente, o desenvolvimento do processo de conscientização do todo, base essencial do raciocínio e da reflexão.

Educador musical, consultor e pesquisador, além de compositor e arranjador. Licenciado em Educação Artística com Habilitação em Música (UDESC) e Pós-Graduado em Educação Musical (CENSUPEG). Em Florianópolis (SC) atuou na cena de bandas autorais assim como em projetos e pesquisas sociais de música nos grupos Arrasta-Ilha, Balakubatuki e Siri-Goiá. Atualmente é educador em musicalização infantil, violão, canto, iniciação ao teclado e atua como regente do Grupo de Maracatu “Aurora do Vale” no município de Jaraguá do Sul (SC). É o formador oficial em Santa Catarina do coletivo de Educadores “Música e Movimento” com coordenação de Uirá Kuhlmann.

Nenhum comentário ainda on Musicalizar

Deixe um comentário